Nesta quarta-feira (25) um homem, identificado como Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, que tinha problemas mentais e esquizofrenia, morreu após abordagem realizada pela Polícia Rodoviária Federal na cidade de Umabaúba, sul sergipano.

📱 NOTÍCIAS: faça parte do canal do SERGIPE HOJE no WhatsApp.

Homem com esquizofrenia morre após abordagem da Polícia Rodoviária Federal em Umbaúba

Em vídeos gravados por populares é possível ver toda a ação. Genivaldo está ao lado de uma motocicleta quando os policiais se aproximam e pedem para ele levantar as mãos. A abordagem inicia e ele é imobilizado. Nas imagens, aparecem três federais, dois deles seguram o rapaz, enquanto o terceiro sempre fica na retaguarda.

Em seguida, o homem é colocado na mala da viatura e uma intensa fumaça – ainda não identificada- começa a sair de dentro do veículo, e ele começa a pedir socorro. O rapaz foi encaminhado para unidade hospitalar, mas não resistiu.

Conversamos com a esposa dele, Fabiana, com quem era casado há 17 anos e tem um filho de 7 anos. Segundo ela, ele estava afastado do trabalho e o diagnóstico da doença foi obtido há cerca de 20 anos. Fabiana conta, ainda, que os policiais não detalharam o porque que o marido tinha sido preso e afirmaram o uso de “spray de pimenta”.

Procuramos a Polícia Rodoviária Federal para esclarecer o ocorrido, por meio de nota disse que:

” […] Em razão da sua agressividade, foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção e o indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Umbaúba. Durante o deslocamento, o abordado veio a passar mal e foi socorrido de imediato ao Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito.

A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A Polícia Rodoviária Federal em Sergipe lamenta o ocorrido e informa que foi aberto procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos”, disse.

Fonte: A8SE