PC prende em flagrante mulher que comprava pelo WhatsApp com falsos depósitos bancários em Aracaju
(Foto: SSP/SE)

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), prendeu em flagrante, nessa quinta-feira (13), uma mulher investigada por aplicar golpes envolvendo a compra de produtos e o envio de falsos comprovantes de pagamento a um estabelecimento comercial de Aracaju. Após o recebimento dos bens, ela anunciava, por um valor abaixo do que é praticado no mercado, num site de vendas na internet.

📱 NOTÍCIAS: faça parte do canal do SERGIPE HOJE no WhatsApp.

De acordo com a delegada Maria Pureza, as vítimas procuraram o Departamento de Crimes Contra o Patrimônio, o qual a DRCC é vinculada, para registrar a ocorrência do golpe. “A DRCC foi procurada por proprietários de um estabelecimento comercial da capital informando que tinham sido vítimas de um golpe que vem sendo praticado desde o ano passado”, destacou.

As vítimas relataram que a golpista solicitava a compra de produtos por meio do WhatsApp e enviava um falso comprovante de transferência bancária do tipo TED. A delegada mencionou que, no momento em que as vítimas prestavam depoimento, a investigada fez um novo contato. “Foi contatado que a autora do crime estava fazendo uma nova solicitação de compra e já havia encaminhado outro comprovante falso”, complementou.

Diante da situação, as equipes do Depatri seguiram ao local onde a autora foi presa em flagrante, já de posse da mercadoria.

A Polícia Civil orienta que a população fique atenta às negociações envolvendo sites de venda e também aplicativos de mensagens. As denúncias podem ser feitas pelo Disque-Denúncia (181) e o registro de ocorrências pode ser feito no Depatri.